sexta-feira, 1 de julho de 2011

ADMIRÁVEL MUNDO NOVO
















Esta semana uma grande amiga compartilhou comigo a palestra do mais famoso meurofisiologista brasileiro, candidato a Prêmio Nobel, Miguel Nicolelis. Simplesmente os experimentos do cara comprovam que a nossa mente não tem limites e atua para muito além do corpo mundano. Ele conseguiu fazer com que a simples intenção do cérebro de um primata movimentasse um robô presente do outro lado do mundo e, mais doido ainda, a reação do robô que estava longe acontecia antes mesmo que a reação da perna do próprio macaco a um comando do cérebro dele, derrubando as fronteiras de espaço, força e até de tempo. Nas palavras dele:

"Foi aí que nós começamos a imaginar uma nova visão do cérebro, não como um passivo decodificador de mensagens mandadas pelo ambiente, mas um cérebro que é um simulador, um escultor, modelador da realidade. Algo que constrói ativamente não só a nossa visão do mundo que nos circunda, mas um modelo altamente dinâmico e adaptativo do que é o nosso ser, esse corpo que nós egoisticamente chamamos de ‘nosso’."

Adoro pensar, como ele mesmo apontou, que chegamos ao fim da era do culto ao corpo, esse pedaço de carne tão mundano e limitado. Será que sim? Se o ser humano entender de uma vez por todas o poder que ele tem em sua mente e que isso é a conexão que temos com o mundo chamado 'espiritual' (a solução para os mais céticos, amparada por ciência), aí então posso começar a acreditar que as profecias para 2012 fazem sentido. Um novo mundo está começando e quero estar viva pra vê-lo.

imagem: University of Texas

4 comentários:

  1. Ihh... acho que o meu é mais limitado, Morena. Não sei se eu entendi...

    ResponderExcluir
  2. Lindo! Lindo Lindo! AMO

    ResponderExcluir
  3. calma, loira, é que eu resumi muito um assunto mega complexo... ta aí só pra servir de incentivo pra que as pessoas pesquisem, é uma provocação :-)

    ResponderExcluir
  4. Irado! Olha o poder

    ResponderExcluir